.

.
.

domingo, 22 de outubro de 2017

Triatlo: A épica e fantástica participação do fafense Bruno Salvador no IBERMAN distância IRON

REDAÇÃO

Mesmo lesionado nadou 3,8 km fez 180 km de bicicleta e correu 42 km

Um ano de dedicação, cerca de 180.000 metros a nadar, 7400km de bicicleta e 1100km a correr.

O objetivo era a participação no IBERMAN na distância IRON, 3,8km a nadar, 180km de bicicleta e 42 km a correr.

Infelizmente a três dias da prova contrai um lesão lombar que praticamente me impedia de caminhar. Quando digo que impedia de caminhar digo literalmente, fiz tudo para recuperar, analgésicos anti inflamatório, mas sem resultados. 

Com uma frusttação incomparável decidi assim não participar na prova. Era impossível naquele estado. De alguma forma, alguém muito especial me convenceu e me disse TU CONSEGUES!! (obrigado). 

No dia lá estava na partida, nadei os 3800 metros, no entanto ao km 35 da bicicleta comecei a sentir fortes dores nas costas que fui superando até à transição para a corrida, nesse momento quando começo a correr vi que seria impossível correr 42km naquele estado pois mal conseguia andar. 

CORRI A MANCAR ATÉ ONDE A MINHA MENTE ME DEIXOU......CORRI ATÉ AO FIM 42 KM DE TORTURA. Vi-me num ambiente épico onde toda a gente puxava por mim desde apoiantes aos restantes atletas, pessoas que me acompanhavam na corrida que me incentivam me davam água comida, tudo que se possa imaginar . 

Foram 12horas e 39 minutos de extremo sofrimento, de tortura, mas não poderia deixar mal todos que tanto me apoiaram durante este tempo todo.

SEM EXCEÇÃO O MEU MUITO OBRIGADO A TODOS

AMAF - Futsal Feminino: Resultados

2.ª JORNADA

Paços 0 - 5 Estrelas 

Vinhós 3 - 1 Arões 

Cepanense 0 - 1 Santa Cristina 

Vilaça 1-1 Santo Estevão

Div. Honra AF Braga: GCD Regadas, 0 - Berço SC, 0 (1.º ponto conquistado)

Texto: João Carlos Lopes 

Que este berço embale o Regadas

O GCD Regadas mesmo sem marcar golos na recepção ao Berço, em jogo disputado em Silvares S. Martinho, conquistou o primeiro ponto da temporada, diante de uma das equipas da frente da tabela. 

Pode ser o sinal que a equipa de António Pereira estava a precisar pois tinha feito seis jogos sem conquistar qualquer ponto e apenas com um golo marcado, mantendo-se o baixíssimo défice de concretização. 

Com um ciclo infernal pela frente a equipa do Regadas deu sinal de si e desta vez não sofreu qualquer golo e tirou dividendos dessa situação. 

Segue-se a deslocação a Famalicão para defrontar o Bairro mas terá que levar a pontaria afinada para tentar uma recuperação mais eficaz na tabela. 

1.ª Div. AF Braga: GD Mosteiro, 2 - ACD Pica, 2 (Mosteiro terminou com sete)

Texto e foto: João Carlos Lopes

Jogo complicado para jogadores tão jovens

A ACD Pica B conquistou o seu segundo ponto em quatro jogos, na deslocação que fez a Mosteiro, em Vieira do Minho, onde empatou a duas bolas. Uma partida em que a equipa da casa teve quatro expulsões e terminou com sete jogadores. 

A equipa de Rafa Leite chegou ao intervalo com uma igualdade a uma bola tenso o golo da Pica sido apontado pelo ex-júnior do Arões SC, Telmo. 

Na segunda parte verificou-se o mesmo resultado, com novo golo para casa lado com o golo da equipa fafense a ser apontado por Marquinho.  

Um jogo complicado para jogadores tão jovens como os da Pica, que foram impedidos de mostrar o seu futebol à margem das leis.

1.ª Div. AF Braga: ACR Guilhofrei, 2 - GD Silvares, 0 (Perder com o novo líder)

Texto e foto (arquivo): João Carlos Lopes 

Dar resposta mas não ser eficaz

O GD Silvares viajou até Vieira do Minho para defrontar o principal candidato à subida, ACR Guilhofrei, tendo perdido por 2-0, com o agora novo comandante desta série. 

A equipa orientada por PH foi para o intervalo a perder por 1-0, num período em que o Guilhofrei esteve mais forte. 

O Silvares entrou muito bem na segunda parte, onde conquistou muitos cantos, livres, e fez muitos cruzamentos. No entanto, quando tudo apontava para o golo do empate a equipa da casa fez o 2-0 a cerca de dez minutos do final. 

CP: FC Vizela, 1 - Arões SC, 0

Campeonato de Portugal: Merelinense FC, 0 - AD Fafe, 0(Mais longe da frente)

REDAÇÃO / Foto: (arquivo) 

Terceiro empate em sete jogos

A AD Fafe regressou hoje às competições do Campeonato Nacional com uma deslocação até ao campo do Merelinense FC, onde registou um empate a zero bolas, voltando assim a pontuar nesta batalha pelos lugares cimeiros da tabela de classificação.

Os fafenses rapidamente se impuseram na partida, arrancando de forma perigosa com tentativas de golo nos primeiros minutos.

Miranda rematou dentro da área logo aos 2', vendo o esforço ser defendido de forma incrível pelo guardião da casa. No minuto seguinte é Felipe que recebe um cruzamento da esquerda e quase cabeceia direto para as redes da baliza.

Do outro lado estava, porém, um Merelinense FC motivado e habituado e trabalho num campo conhecido como sendo difícil para os visitantes. Aos 9' surge perigo na área da AD Fafe, graças a um cruzamento traiçoeiro pela esquerda. Valeu Nibra que, atento, conseguiu bloquear a tentativa de remate.

As tentativas da equipa da casa continuavam e, aos 22', num livre lateral, o Merelinense coloca a bola ao 2.º poste mas esta é cabeceada por cima da baliza fafense. A resposta vem em forma de um potente remate de Nei mas que acaba por sair muito por cima do alvo.

Aos 32' o Merelinense consegue fazer um cruzamento muito perigoso mas o avançado não consegue encostar à boca da baliza. Mesmo em cima do intervalo Leandro Pimenta bate um livre rasteiro mas termina com defesa segura do guarda-redes adversário.

A entrada na segunda parte espelhou bastante o desenrolar da primeira, com os fafenses a entrarem em força mas com o Merelinense, sendo o adversário credível que se tem mostrado, a criar contra-ataques que impuseram atenção à defesa justiceira.

Aos 53' Nené envia a bola para muito perto da trave da baliza ao bater um livre perto da área do Merelinense. Aos 65' Zé Pedro mostrou que o nível defensivo da AD Fafe não estava a baixar e fez um corte exemplar àquela que poderia ser uma jogada muito perigosa da equipa da casa.

Foi aos 73' que os fafenses criaram aquela que seria a melhor oportunidade de golo até ao momento, com Ferrinho quase a conseguir fazer chapéu ao guarda-redes e de seguida Miranda a enviar a bola a raspar no poste.

Seria Miranda que, aos 78', voltaria a estar perto de marcar, depois de um entendimento perfeito entre Eder e Ferrinho que terminou com o capitão a assistir Miranda para o remate quase certeiro.

Eder entrou no jogo e rapidamente tentou desestabilizar, conseguindo inclusive fazer um pontapé de bicicleta que teve, porém, pouco efeito. Já nos descontos, aos 90´+1', aparece a melhor oportunidade para o Merelinense. com o avançado a rematar por cima já dentro de área. Foi mesmo a equipa da casa que criou mais perigo no final do jogo, mas a defesa fafense não vacilou. Aos 90' + 4' Nibra sai bem da área e consegue interceptar o que seria o golo quase certo do Merelinense FC.

Uma tarde em que, assim, a AD Fafe conseguiu somar mais um ponto, avançando agora para a receção do próximo domingo ao Vilaverdense FC.

Evento solidário "Ajudar o Nicolai" rendeu 10.755 euros



Texto e fotos: João Carlos Lopes 

Quando o sino toca a rebate os
fafenses dizem sempre presente

Numa iniciativa que partiu da Associação Recreativa e Cultural de Santo Ovídio, e também por impulso de um alentejano já há muito radicado em Fafe, o fotógrafo Jesus Martinho, e que envolveu outras colectividades do Concelho de Fafe como os Restauradores da Granja, Grupo Nun'Álvares, SR Cepanense, Asfalto Friends, Amigos da Roda de Quinchães, Clube Automóvel de Fafe, entre outros, o evento solidário Ajudar o Nicolai, rendeu 10.755 euros. 

O Largo da Feira foi palco para mais uma iniciativa de Solidariedade e mais uma vez os fafenses, bem como pessoas de outras localidades mostraram que quando o sino toca a rebate aparece sempre muita gente para ajudar. Assim foi com este evento a favor do Nicolai que reuniu, entre Caminhada, Corrida ligeira de atletismo, passeio de motos, de bicicletas de BTT e Ciclismo e de Veículos Todo o Terreno cerca de meio milhar de pessoas.  

O Nicolai encontra-se internado no no Tel Aviv Sourasky Medical Center, em Israel, onde os médicos o vão tentar salvar a um grave problema que tem no pâncreas já na próxima quinta feira.  

Um ucraniano radicado em Fafe há duas décadas


Mykola Solovyov (Nicolai), de nacionalidade ucraniana, radicado em Fafe há cerca de duas décadas, trabalhou em várias empresas do concelho de Fafe.


A sua família, na Ucrânia, sempre contou com o seu apoio. 


A mãe, sua mulher e os seus três filhos puderam, por via do seu trabalho, ter uma vida mais digna.


Quis o destino que, repentinamente, ficasse doente ao ponto de contrair um tumor no pâncreas (adenocarcinoma pancreátrico).

Com mais de um mês de internamento hospitalar e menos 30 quilos de peso, encontra-se em casa, aguardando tratamento de químio e rádio terapia.

Como todos sabemos o quadro clínico de Nicolai é muito complicado...

Estes dias surgiu um contacto com Centro Médico "Souraski" de Tel Aviv, Israel, onde se encontram alguns dos melhores especialistas oncológicos do Mundo que já manifestaram vontade de aceitar o Nicolai para evoluídos tratamentos e respectiva cirurgia.

Um processo orçado em cerca de 31.000 Euros que pode salvar-lhe a vida.. e quanto ele ama viver!

"Longe da família, com muitos amigos espalhados pelo mundo, tive a sorte de ter em Fafe pessoas que me apoiam e me dão toda a atenção", desabafou Nicolai.

Também na sua terra natal, um grupo de amigos já trabalha visando angariar ajuda financeira.

Neste momento tão complicado da vida de Mykola, apelamos à solidariedade de todos e agradecemos aos amigos que se disponibilizaram na angariação de verbas que permitam o tratamento do Arte Mykola Solovyov-Nicolai em Israel.


sábado, 21 de outubro de 2017

Futsal - 1.ª Div. Nac.: Nun' Alvares/IESFafe, 2 - GD Chaves, 0 (Mais um golo de Martinha)

Texto e foto: João Carlos Lopes 

Condestáveis trocaram a fechadura às flavienses

A equipa sénior feminina do  Grupo Nun'Álvares/IESFafe venceu o GD Chaves por 2-0, num jogo muito equilibrado, entre duas equipas muito organizadas, a vitória caiu para o lado das Condestáveis perante uma flavienses que nunca desistiram de lutar pela vitória. Foi uma boa vitória contra um adversário forte com muita experiência no campeonato Nacional e que na jornada anterior tinha perdido apenas por 2-1 no recinto do Vermoim.

O chaves apresentou-se na primeira parte com um bloco muito baixo, jogando na expectativa, defendendo muito bem mas sem criar perigo na baliza do GNA/IESF, que por sua vez tentou assumir a despesa do jogo, ainda que tenha esbarrado numa muralha defensiva muito organizada

GNA/IESF teve duas oportunidade para fazer golo na primeira parte mas não conseguiu concretizá-las e o jogo foi para intervalo com alteração no marcador. 

Na segunda parte as Condestáveis entraram com mais dinâmica e também com mais agressividade na linha defensiva e chegaram ao 1-0, por Martinha aos 5'.

A partir da inauguração do marcador, o jogo partiu mais um bocado e o GNA/IESF podia ter feito mais um ou dois golos.

A perder, o Chaves também subiu a linha de marcação e começou a criar mais dificuldades, obrigando as condestáveis a atingir as cinco faltas muito cedo o que obrigou a equipa de Rui Cunha a  baixar as linhas e jogar com outro tipo de precaução nos últimos nove minutos de jogo.

Já em desespero de causa o Chaves ainda jogou no sistema de 5x4 mas sem sucesso e foi já em cima do apito final que Ana Loira fez o segundo golo do GNA/IESF. 

1.ª Div. AF Braga: GD Fareja, 0 - GCR Rossas, 0 (Jogo lutado)

Texto e fotos: João Carlos Lopes 

Faltaram golos à muita entrega 

Depois de cumprido um minuto de silêncio pelas vítimas dos incêndios, Fareja e Rossas proporcionam um jogo interessante de muita entrega e luta, onde acima de tudo nenhuma equipa quis perder. O Rossas dominou em grande parte do  primeiro tempo e a equipa da casa, na segunda parte, teve praticamente o domínio completo do jogo, mesmo depois dos 66', altura em que fixou reduzida a dez por duplo amarelo de Vítor Coelho.

O primeiro sinal de perigo surgiu aos 5', para o Rossas com Rui a rematar prensado na área e a bola a sair fácil para o guardião Gil. Aos 12', João conseguiu roubar a bola a um defesa do Fareja mas ao tentar coloca-la fora do alcance de Gil, saiu por fora perto do segundo poste. Aos 16', foi Tozé a rematar ao lado depois de boa jogada colectiva do Rossas. 

O Fareja só de bola parada conseguia chegar à baliza do Rossas e entre os 38' e os 40', beneficiou de dois livres e um canto mas não tirou proveito dessa situação. Porém, no minuto seguinte, no único remate intencional e enquadrado com a baliza da sua equipa, Vítor Coelho rematou de fora da área para ver a bola bater na barra da baliza à guarda de Bé. 

Na segunda parte, o Fareja surgiu mais pressionante e remeteu a equipa visitante que já no final da primeira parte estava a perder gás, ao seu meio campo. Aos 63', quando Chinelo meteu a bola de cabeça na baliza o árbitro já tinha assinalado fora de jogo. 

A equipa do Fareja ficou reduzida a dez aos 66', por acumulação de cartões amarelos de Vítor Coelho, mas mesmo assim não perdeu o domínio do jogo.

O primeiro sinal do Rossas nesta parte surgiou aos 76', na sequência de um lançamento de linha lateral em que Abel cabeceou ao lado. Na resposta Joãozinho serviu Maia ao primeiro poste e este ganhou canto. O mesmo Maia, aos 80', aproveitou uma perda de bola à entrada da área do Rossas para rematar de pré-esquerdo ao lado. 

O Fareja mantinha-se activo perto da área do Rossas e aos 84', beneficiou de um livre directo que Maia cobrou mas a bola bateu na barreira e subiu. Até final a equipa da casa ainda tentou chegar ao golo mas a equipa de Rossas foi solidária e quis segurar o que já tinha conseguido, um ponto.    

Jogo no Campo de Jogos de Fareja, Fafe.

Árbitro, Maicon Machado, auxiliado por Hugo Silva e Diogo Cunha. 

GCDR FAREJA: Fil; Fifi, Adolfo, Zé (Joãozinho, 77'), Migalhas, Vitela, Coelho, Cassu, André, Chinelo e Maia. Treinador, Hélder Oliveira. 

GCR ROSSAS: Bé; Tozé, Guilherme, Casata, Abel, Nelsinho, Toninho, João (Lau, 59'), David, Rui (Figo, 78') e Né. Treinador, Vasco Fernandes. 

DISCIPLINA - Cartão amarelo a: Nelsinho, 50'; Coelho, 54' e 66'; Toninho, 66'; Migalhas, 68'; Cassu, 73'; Casata, 84 e André, 86'.  Cartão vermelho a: Coelho, 66'. 

Equipa do GD Fareja no jogo contra o Rossas


Equipa do GCR Rossas no jogo em Fareja


Futsal - 1.ª Div. AF Braga: Nun'Álvares/IESFafe, 4 - Rio Caldo, 3 (Comer a sopa toda)

Texto: João Carlos Lopes / Foto: DR

Bis de Guedes em mais uma vitória

Os seniores do Grupo Nun'Álvares/IESFafe venceram o primeiro jogo em casa na recepção ao Rio Caldo, num jogo muito renhido que terminou um resultado de 4-3. 

Na primeira parte Luís Paulo inaugurou o marcador mas a equipa do Rio Caldo igualou a uma bola. A equipa orientada por Hugo Oliveira voltou a marcar por Guedes e chegou ao intervalo a vencer por 2-1. 

Na segunda parte, Guedes bisou ao fazer o 3-1 para os Condestáveis mas a equipa das fraldas do Gerês não desarmou e reduziu para 3-2. Maia conseguiu uma vantagem de dois golos para o GNA/IESF ao fazer o 4-2, contudo o Rio Caldo deu luta até ao fim e marcou o 4-3. 

Na próxima jornada os Condestáveis viajam até Braga para defrontar a Juventus de Real.  

AD Fafe Futebol: Resultados dos jogos da formação


Futebol Popular - AMAF: GDC Serafão, 2 - SR Cepanense, 3 (Cinco golos na 1.ª parte)












REDACÇÃO

Entrar a vencer no campeonato 

O Cepanense teve uma entrada fortíssima e aos 15 minutos já vencia por 0-3 ,fruto de um bis de Rélho e do golo de Scolari, três grandes golos. A turma da casa naturalmente tentou responder e chegou ao 2-3. Mérito seu obviamente. 

Após o intervalo a equipa de Cepães teve várias ocasiões para dilatar o resultado mas tal não aconteceu, segurando sempre o resultado do jogo na qual chegou ao fim do encontro com o resultado 2-3 favorável à turma do Cepanense.

Destaque para as duas expulsões de jogadores do Serafão na segunda parte e também para o caricato tempo de compensação, 15 minutos no total das duas partes.

Como nota muito negativa a atitude de alguns adeptos do Serafão que em nada dignificaram a grande coletividade do G.D.C Serafão, ao atirarem pedras aos jogadores da SR Cepanense pondo em causa a sua integridade física quando estes agradeciam o apoio aos seus adeptos.

Div. Honra AF Braga: ACD Pica, 2 - Ribeirão 1968 FC, 2 (Adiada a vitória em casa)

Texto e foto (arquivo): João Carlos Lopes 

Dar a volta e acabar só com um ponto

A ACD Pica recebeu um dos candidatos à subida, o Ribeirão 1968 FC, tendo registado um empate a duas bolas e adiado a primeira vitória em casa. 

A equipa orientada por Fernando Fontão foi para o intervalo em desvantagem pois foram os famalicenses a inaugurar o marcador. 

Na segunda parte a Pica deu a volta ao resultado, tendo empatado de grande penalidade apontada por Jonas e depois passou para a frente com um golo de de André Jardim. 

Quando a vitória da equipa fafense estava quase concretizada, o Ribeirão chegou à igualdade sobre os noventa minutos de jogo. A Pica esteve a perder, deu a volta mas depois deixou fugir dois pontos.    

1.ª Div. AF Braga: GD Vasco da Gama, 2 - GD Cavez, 2 (Voaram dois pontos)

Texto e foto: João Carlos Lopes

Vantagem chegou a ser confortável 

Depois da vitória no terreno da Pica B na jornada anterior o Vasco da Gama regressou a casa para empatar a duas bolas com o GD Cavez. 

A equipa orientada por Tiago Silva, privada de alguns jogadores por castigo, chegou ao intervalo a vencer por uma bola a zero, comum golo de Fernando. 

Na segunda parte os vascaínos chegaram ao 2-0, através de Rafinha, contudo volvidos 20 minutos após o descanso a equipa de Basto reduziu para 2-1 e já perto do final igualou a partida a dois e roubou dois pontos ao Vasco da Gama.  

AMAF - Futebol 11: Resultados da 2.ª Jornada


Futebol 11 

Serafão, 2 - Cepanense, 3 

Friande, 1 - Unhão, 1

S. Clemente, 0 - Quinchães, 0 

Maçorra, 1 - Sousa, 4

Div. Honra AF Braga: OFC Antime, 1 - Bairro FC, 1

Juniores 2.ª Div.Nac.: FC Famalicão, 2 - AD Fafe, 0 (Nada correu bem)

Texto: João Carlos Lopes / Foto: DR

Famalicão foi mais assertivo 

Os juniores da AD Fafe foram a Famalicão perder por 2-0, numa partida em que pagou caros os seus erros e desperdiçou as oportunidades que dispôs, frente a um adversário sempre difícil e que também tem o seu valor. 
Mais um jogo em que o fafe entrou dominante a mostrar que vai a qualquer campo em busca da vitória, com Chico de cabeça a atirar por cima, Miguelito após uma segunda bola a rematar também por cima. O mesmo jogador, depois a ganhar vários lances individuais mas com a bola a parar sempre nas mãos do guardião da casa. 

O Famalicão reagiu mas sem nunca incomodar rafa o guarda-redes do Fafe que acabou a primeira parte sem fazer qualquer defesa. Na segunda parte, o Fafe voltou a entrar dominante mas foi o Famalicão que numa jogada de contra ataque pela esquerda e uma falha de marcação do jogador fafense, que permitiu que o médio da casa com espaço rematasse de fora da área, com a bola a entrar colocada sem hipótese para Rafa para o 1-0.

O fafe nunca desistiu e Henrique dentro da área fez um remate mas não acertou na baliza. Diego também dentro da área enviou a bola à trave. 

Mais uma vez de contra ataque o Famalicão fez o 2-0, com cruzamento rasteiro e emenda ao primeiro poste. 

No último lance do jogo o Fafe dispôs de uma grande penalidade mas o jogador fafense não conseguiu converter em golo.

sexta-feira, 20 de outubro de 2017

AGENDA DESPORTIVA DE FIM DE SEMANA

ANDEBOL NACIONAL 
Andebol  - 3.ª DIVISÃO

AC FAFE - MODICUS 
Dia/Hora: Sábado, 21 Outubro – 15H00
Local: Pavilhão Municipal de Fafe

FUTSAL MASCULINO NACIONAL 

2.ª DIVISÃO
AD FAFE - ADRC VILA CASTANHEIRA 
Dia/Hora: Sábado, 21 Outubro – 18H00
Local: Pavilhão Municipal de Fafe

FUTSAL FEMININO

1.ª DIVISÃO NACIONAL 
NUN'ÁLVARES/IESFAFE - GD CHAVES
Dia/Hora: Sábado, 21 Outubro – 18H00
Local: Pavilhão do Grupo Nun'Álvares, Fafe

FUTSAL DISTRITAL MASCULINO

1.ª DIVISÃO AF BRAGA 
NUN'ÁLVARES/IESFAFE - GCDR RIO CALDO
Dia/Hora: Sábado, 21 Outubro – 16H00
Local: Pavilhão do Grupo Nun'Álvares, Fafe

FUTEBOL NACIONAL 


Campeonato de Portugal Prio
MERLINENSE FC - AD FAFE
Dia/Hora: Domingo, 22 Outubro – 15H00
Local: Estádio João Soares Vieira, Merlim S. Pedro, Braga

FC VIZELA - ARÕES SC
Dia/Hora: Domingo, 22 Outubro – 15H00
Local: Estádio do FC Vizela

Campeonato de Juniores da 2.ª Divisão
FC FAMALICÃO - AD FAFE
Dia/Hora: Sábado, 21 Outubro – 11H00
Local: Campo n.º 2 do Complexo Desportivo de Famalicão

FUTEBOL DISTRITAL MASCULINO


DIVISÃO DE HONRA AF BRAGA
OFC ANTIME - BAIRRO FC
Dia/Hora: Sábado, 21 Outubro – 16H00
Local: Campo de Jogos de Antime, Fafe

ACD PICA - RIBEIRÃO 1968 FC
Dia/Hora: Sábado, 21 Outubro – 16H00
Local: Parque de Jogos da Pica, Fafe

GCD REGADAS - BERÇO FC
Dia/Hora: Domingo, 22 Outubro – 16H00
Local: Campo Prof. Manuel José Dias, Silvares, Fafe 

1.ª DIVISÃO AF BRAGA

ACR GUILHOFREI - GD SILVARES
Dia/Hora: Domingo, 22  Outubro  – 16H00
Local: Campo José Pereira, Guilhofrei, Vieira do Minho

GD MOSTEIRO - ACD PICA B 
Dia/Hora: Domingo, 22 Outubro – 16H00
Local: Campo de Jogos de Mosteiro, Vieira do Minho

GD FAREJA - GCR ROSSAS
Dia/Hora: Sábado, 21 Outubro – 16H00
Local: Campo de jogos de Fareja, Fafe

GD VASCO DA GAMA - GD CAVEZ
Dia/Hora: Sábado, 21 Outubro – 16H00
Local: Campo José Manuel Oliveira Rodrigues, Medelo, Fafe


COMPETIÇÕES DA AMAF 

Informe-se aqui 

Todos os jogos do Arões SC

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

KARATE: Centro Budo de Fafe – Henrique Salgado 3.º no Torneio das Vindimas

REDAÇÃO

João Rodrigues lesionou-se 

No dia 15 de outubrodecorreu no Pavilhão Municipal de Castelo de Paiva a 6ª edição do Torneio das Vindimas. 

O Centro Budo de Fafe (CBF) não podia deixar de estar presente neste evento desportivo, marcando presença na disciplina de kumité (combate), com os seguintes atletas: Diogo Vieira (juvenil + 50kg); Francisco Moreira (juvenil + 50kg); João Neiva (juvenil + 50kg); Diogo Leite (cadete - 57 kg); João Rodrigues (cadete - 63kg); Leonardo Pereira (cadete + 63kg); Bruno Silva (cadete + 63kg); Paula Ferreira (júnior - 59kg) e Henrique Salgado (júnior + 68 kg). 

Henrique Salgado, atleta do CBF, conseguiu um excelente resultado ao subir ao terceiro lugar do pódio, numa categoria difícil e muito concorrida. 

Já João Rodrigues, teve a infelicidade de se lesionar no ombro quando se encontrava a vencer o atleta que irá representar Portugal na sua categoria e peso, no próximo Campeonato do Mundo em Tenerife no final deste mês. 

De destacar ainda a prova de João Neiva e de Paula Ferreira que, também, estiveram na disputa do terceiro lugar, resultado que não alcançaram ficando-se pela quinta posição. 

Esta prova serviu para aferir algum trabalho que tem sido desenvolvido nos treinos e que com certeza irá ajudar a corrigir alguns comportamentos e falhas de cariz técnico que se verificaram durante alguns combates.