.

.
.

quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Mais de 200 imagens que marcaram o desporto fafense em 2015




TEXTO: João Carlos Lopes FOTOS: DR


Fafe é uma terra de desportistas e campeões 

O ano de 2015 foi pródigo em episódios para o desporto fafense:

Desde os muitos campeões em várias modalidades à subida histórica do Arões SC a um campeonato Nacional, passando pelo regresso do Rali de Portugal a Fafe, por mais uma etapa da Volta a Portugal com um ciclista fafense integrado no pelotão, pela estreia de Mário Castro ao volante depois de 20 anos como navegador, das conquistas mundiais dos atletas da Cercifaf, das competições internas de futebol Popular e de futsal masculino e feminino com mais praticantes do que nunca. Das várias prova de BTT e ciclismo com campeões fafenses, da estreia do Clube de Saúde de Fafe no Futsal Distrital, do aparecimento de várias colectividades ligadas ao ciclismo depois do efeito de bola de neve que Sociedade de Recreio Cepanense provocou nos últimos dois anos. 

Do aparecimento também de outras colectividades de BTT e ciclismo. De uma forma mais triste o desaparecimento do antigo presidente da AD Fafe e fundador do Arões SC, António Marques Mendes, do AVC que retirou a vivacidade ao massagista Joaquim Leite e do abandono do futebol aos 41 anos de Filipe "Maradona", entrou acontecimentos que deixaram o desporto mais pobre. O Andebol Clube de Fafe foi campeão Nacional da 2.ª Divisão, o Travassós da Divisão de Honra (a nível distrital), escalão de onde também subiu o OFC Antime. 

A Patinagem do Grupo Nun'Álvares continuou em alta e no Futsal as seniores foram campeãs distritais e venceram a Taça AF Braga, ascendendo ao campeonato nacional. Na natação a AD Fafe continua a brilhar mesmo com uma piscina de fracas condições. No Karaté as duas academias de Fafe brilharam a nível nacional e internacional e a Cercifaf continua a fabricar campeões mundiais que muito nos orgulham e deixam felizes. 

O BTT dos Restauradores da Granja voltou a ter um ano em cheio com vários campeões em destaque e também a nível colectivo. Também dos Restauradores surgiu o Basquetebol e outras iniciativas de índole desportiva não se podendo esquecer as muitas caminhadas que organizou em 2015. 

Não se pode esquecer a louvável iniciativa que foi e está a ser o Fafe a Correr que preenche as ruas da cidade todas as quartas feiras, de verão ou de inverno, chegando a juntar na estação seca mais de 300 pessoas. Num acto mais isolado o Color Run também foi um estrondoso sucesso juntado milhares de pessoas nas ruas numa só tarde.

Fafe é uma terra de desporto e de desportistas, cada vez mais em modalidades diversas e isso é um motivo de grande orgulho porque permite ter muitas alternativas para quem não goste das modalidades tradicionais.     

Nos desportos individuais destaques para Diana Durães (natação) e Marta Noval (canoagem), pelas muitas conquistas nacionais que obtiveram em duas modalidades que têm como denominador comum a água.

A cidade de Fafe também atraiu eventos como o Campeonato Europeu de Andebol para pessoas com deficiência intelectual e que foi um sucesso.

Fafe é cada vez mais uma cidade de desporto de todos e para todos onde se procura a inclusão através do desporto. 

Nesse aspecto louva-se os clubes formadores como a AD Fafe (futebol, natação e Kikboxing), Arões SC, OFC Antime, Vasco da Gama de Medelo, ACD Pica, GD Fareja e Nun'Álvares (Futsal e Patinagem), Associação de Karaté de Fafe e Centro Budo de Fafe, por serem os que mais apostam na formação de jovens.

quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Futsal: Atletas do GNA em mais um treino da Selecão Distrital Sub 19

Redacção

Voltam a Braga a 4 de Janeiro

As atletas do Grupo Nun'Álvares, Joana Melo, Telma, Leninha, Catinha, Marta e Cardosa foram novamente convocadas para o Treino de preparação da Seleção Distrital de Futsal Feminino Sub-19 da AF Braga. 

O treino realizar-se-á no dia 4 de Janeiro pelas 20 horas no Pavilhão Externato Carvalho Araújo, em Real, Braga.

AD Fafe: Seniores enfrentaram Juniores num jogo-treino

Redacção/AD Fafe

Uma manhã de aprendizagem 

Esta manhã as nossas duas equipas que disputam campeonatos nacionais defrontaram-se num jogo treino. Apesar de escalões diferentes, as duas equipas têm tido um percurso bastante semelhante, ambas lutam por um lugar que lhes dê acesso à fase final, a chamada fase de subida (Play Off).

Se pelo lado dos seniores o objetivo já estava definido desde o início da época, os juniores, fruto da crescente melhoria de desempenho, também se encontra numa posição favorável para o conseguirem.
Num jogo bastante disputado os dois treinadores conseguiram colocar todos os jogadores disponíveis neste jogo treino. Acabou por não ser só um treino, foi sobretudo uma manhã de aprendizagem, onde todos acabaram por ganhar, ganhar maturidade, ganhar confiança e experiência!

A entrega foi total de ambos os lados e nenhuma das equipas se retraiu na atitude, apesar dos jogos difíceis que se avizinham para ambos. Nenhuma se poupou e todos quiseram mostrar o seu valor.

Os seniores têm pela frente 4 jogos de extrema importância para os seus objetivos finais (São Martinho, Trofense, Oliveirense e Arões), o mesmo se pode dizer da nossa equipa de juniores onde os objetivos são iguais faltando apenas 3 jogos (Limianos, Aves e Freamunde).

Estando o ano a terminar, esperamos em 2016 que estas duas equipas conseguiam os seus objetivos finais e que este jogo treino tenha sido um belo ataque para esse feito!

Médio ofensivo/avançado, Miguel Ribeiro é reforço do Arões SC


Texto: João Carlos Lopes / Foto: DR 

Altura e juventude para o meio e frente

O médio ofensivo/avançado, de 20 anos, Miguel Ribeiro é reforço do Arões SC, proveniente do Juventude de Pedras Salgadas.

Com 1,85 metros de altura, o atleta que é natural de Guimarães, fez quase toda formação no Vitória Sport Clube, FC Vizela e os Sandinenses. 

Vem de um campeonato idêntico ao do Arões uma vez que o Pedras Salgadas, se encontra na Série A do Campeonato de Portugal, Clube que utilizou apenas por quatro vezes o jovem jogador esta temporada. 

Luís Miguel Barros conta assim com mais uma unidade para o próximo jogo a realizar Domingo no terreno do Trofense, relativo à 15.ª jornada da Série B do CPP.

BTT - Começa o ano a pedalar no Convívio Reis Smile (17 Jan - em Armil)

Redacção 

BTT e Downhill para desfrutar 

Para começar o ano 2016 com o pé direito, nada melhor do que um convivio de BTT e DOWNHILL para podermos todos juntos celebrar e desejar um Bom ano/ Reis 2016 para todos.

Com o objetivo de poder juntar os amantes de ambas as modalidades e dar a conhecer este "bichinho" comum em nós.

Este evento tem data de 17/01/2016, pelas 9 horas no campo de futebol de ARMIL-FAFE.

Na area de BTT, existe um percurso de 30km, de dificuldade Baixa.
Com destino a Jugueiros/ Vizela / Fareja / Armil.
Com paisagens espetaculares e com um pouco de História.
Acessivel a toda a gente.

Na area de DOWNHILL, vai haver descidas na Famosa pista de DH S.Salvador. (7.5 reis inclui o transporte)

E vai haver OFERTA de Bifanas, Bolo de REI, Minis, Àgua , Bolos, Sumos,Brindes, .....resumindo, um Bom Reforço.

Inscriçoes na loja BikeSmile ou Pastelaria Adelaide (moreira de rei).

Inscriçoes 7.5 REIS, até dia 15 janeiro.

Reserva já o teu lugar.

Boas pedaladas.

domingo, 27 de dezembro de 2015

Taça AF Braga : Os Sandinenses, 0 - OFC Antime, 2 (recebe agora o Joane)

Texto e foto (arquivo): João Carlos Lopes

Vencer sem dificuldades com Operários menos rodados

O Operário de Antime deslocou-se ao terreno do Os Sandinenses, equipa que já militou no Futebol Nacional mas que se encontra na 1.ª Divisão Distrital tendo vencido por 2-0, o que lhe valeu o apuramento para a quarta eliminatória da AF Braga, em que vai receber o GD Joane. Caso vença o Joane jogará com o vencedor do jogo Pedralva-Ninense, também em casa, tendo hipótese de chegar às meias finais da competição. 

O treinador Luís Gomes utilizou neste jogo alguns atletas menos rodados. Nuno Preto foi o guarda-redes, Zé Miguel jogou a defesa direito, Samu no lado esquerdo com Neves e Gustavo como centrais. Carvalho jogou a trinco, ficando o meio campo completo com Patocas e Raul Oliveira, Castanha Hélder Carvalho e Jorginho jogaram na frente.

Num relvado natural em fracas condições a partida iniciou-se com algum equilíbrio. Aos 25', na sequência de canto, um defensor da equipa da casa agarrou Raul Oliveira na área, para penalti sem margem de dúvidas que Patocas converteu no 0-1 para os fafenses. 

Os Sandinenses apenas de bola parada chegava perto da baliza do Antime mas sem grande perigo. Contudo houve algumas situações que foram precedidas de fora de jogo não assinaladas. 

Apesar de utilizar uma equipa menos rodada o Antime dominava e chegou ao 2-0 aos 43', numa jogada em que Hélder Carvalho roubou a bola ao Central vimaranense fazendo um grande golo. Antes do a registar um remate de Jorginho de fora da área que saiu à figura do guarda-redes

O Antime geriu a partida na segunda parte e o seu guarda-redes, Nuno Preto, não teve grande trabalho. Dio outro lado, aos 55' Jorginho obrigava o guarda-redes da casa a grande defesa. Pouco depois foi Samu a cruzar para Hélder Carvalho pentear a bola entre os centrais para nova grande defesa do guardião da casa. 

O Antime dispôs de mais algumas situações para marcar mas acabou por falhar na concretização ou por ver os lances anulados por fora de jogo mal assinalados. 

Com a partida a encaminhar para o final os jogadores da casa começaram a ser mais agressivos e o técnico Luís Gomes tirou, aos 67', Jorginho e fez entrar Joel que foi ocupar o lugar se Samu que já tinha um cartão amarelo, passando a jogar mais na frente. Mais tarde, aos 78 substituiu Hélder Carvalho por Vasco e aos 84 esgotou as substituições ao meter Miguel no lugar e de Raul Oliveira.

Futebol Popular - FFPN: Classificação da Taça da Federação



Futebol Popular - FFPN: Classificação da Taça dos Campeões


sábado, 26 de dezembro de 2015

Futebol Popular - FFPN: Resultados da Taça da Federação



Futebol Popular - FFPN: Resultados da Taça dos Campeões


Futsal Feminino - AF Braga: SC Maria da Fonte, 3 - Clube Saúde Fafe, 1


Texto: João Carlos Lopes 

Correr atrás do resultado foi complicado

O Clube de Saúde de Fafe deslocou-se à Póvoa de Lanhoso em jogo a contar para a 14.ª Jornada do campeonato Distrital de Futsal Feminino, tendo perdido com o SC Maria da Fonte por 3-1. 

A equipa orientada por João Tristão e Tiago Carneiro, não jogou com a intensidade e agressividade indicada na primeira parte e sofreu o 1-0 aos 10', resultado que se manteve até ao intervalo.

A segunda parte foi um pouco diferente, com mais confiança nas acções defensivas e ofensivas, apesar da equipa adversária chegar ao 2-0, aos 14'.

O CSF reduziu aos 16', para 2-1, por Leninha e esteve perto do empate aos 18' e 20'. E foi na ânsia de marcar que acabou por sofrer o 3-1, numa transição rápida da equipa adversária aos 25'. 

Taça AF Braga - Juvenis: AD Fafe "A", 8 - GD Joane, 1 (Goleada)



Texto e fotos: João Carlos Lopes 

Fafe mostrou ser de outra dimensão 

Os Juvenis “A” da AD Fafe receberam e golearam o GD Joane em jogo referente à segunda eliminatória da taça AF Braga, numa partida que os fafenses dominaram de princípio a fim mas em que o marcador foi aberto com um autogolo da equipa adversária. 

A equipa orientada por Carlos Careca, que chamou alguns atletas da equipa “B”, chegou à vantagem aos 5’ quando JP tentou fazer um cruzamento e um jogador adversário fez um corte que resultou em autogolo. 

O Fafe dominava a partida e jogava quase sempre na área adversária mas aos 14’, o guarda-redes Cristiano evitou que Martinho fizesse obrigando-o a perder ângulo de remate. 

O melhor futebol do Fafe teve expressão aos 23’, com o 2-0 apontado por Rui Pedro que encostou à boca da baliza após assistência de André. 

Até ao final da primeira parte a equipa fafense continuou a mandar no jogo. 

Ambas as equipas mexeram mesmo a começar a segunda parte com a entrada de Luís para a saída de JP no Fafe e de Sérgio para a vez de Rui Filipe no Joane.

Até aos 50’, o Fafe dispôs de várias ocasiões para marcar com Rafa e Rui Pedro, por duas vezes cada, a não aproveitarem. Mas o terceiro golo do Fafe teve a assinatura destes dois atletas com Rui Pedro a descobrir Rafa na esquerda e este a rematar colocado para o 3-0, num golo de belo efeito. 

Rui pedro voltou a falhar aos 55’ na cara do guarda-redes mas, aos 56’, redimiu-se ao assistir Marcelo para o 4-0, com este a fazer um remate cruzado. 

O Joane reduziu para 4-1 aos 71’, num grande golo de João Nuno que apontou um livre directo perto da quina da área do lado esquerdo e fez a bola entrar no ângulo mais distante. 

A equipa de Carlos Careca repôs a diferença de quatro golos na jogada seguinte com Moura a marcar um livre na intermediária e o central e capitão Renato a aparecer na área a encostar para o 5-1. 

O 6-1 surgiu aos 74’, numa jogada rápida de Tiago pela esquerda concluída com um bom remate cruzado. 

A equipa famalicense esteve perto de reduzir aos 75’, com João Nuno a meter a bola na área num livre e Martinho a rematar para uma boa intervenção de Cristiano. 

Na jogada seguinte o Fafe chegou ao 7-1, numa jogada de envolvimento do Fafe em que Tiago encostou sobre a linha de golo. 

Luís Cardoso, num bom pormenor individual, fintou dois adversários e depois de ganhar espaço disparou de pé esquerdo para mais um belo golo que fechou a contagem. 

Jogo no campo n.º 2 do Parque Municipal de Desportos, em Fafe. 

Árbitro, Pedro Pinto, auxiliado por Nuno salgado e André Gonçalves. 

AD FAFE: Cristiano; Moura, Renato, Marcelo, Hugo, Gandarela, Rui Pedro, Teixeira (Luís, 41’), André (Luís Duarte, 41’), Rafa (Luís Cardoso, 58’) e Tiago. Treinador, Carlos Careca. 

GD JOANE: Zé Machado; Carlos, Luís Filipe (Gabriel, 65’), Rui Filipe (Sérgio Miguel, 41), Martinho, Marco, Vilela, Luís Paulo (André, 53’), Nuno Azevedo, Gonçalo e João Nuno. Treinador, Álvaro Martins.

quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

Quatro modalidades da AD Fafe envolvem mais de 500 atletas

Redacção/AD Fafe 

Futebol, Futsal, Natação e Kickboxing 

Na presente época a AD Fafe, como promotora do desporto no concelho de Fafe, promove quatro modalidades desportivas, o futebol, o futsal, a natação e o kickboxing envolvendo mais de 500 praticantes.

O futebol está assegurado pelo departamento de futebol e pelo departamento de formação.

Em seniores, a AD Fafe participa no Campeonato de Portugal Prio, na série B.

Existem 9 equipas de formação que competem ao mais alto nível distrital e inclusive os Juniores, competem na 2.ª Divisão Nacional. Este ano estão a ser formados cerca de 200 atletas de futebol.

A natação compete com 3 escalões de atletas, no entanto estão em formação/aulas cerca de 300 atletas.

Promove também atividades de hidroginástica e de aprendizagem de natação.

O Futsal representa-se na equipa de veteranos, composta por ex-atletas que já fizeram parte dos quadros das equipas de formação da AD Fafe, competindo num campeonato a nível do concelho.

A Secção de Combate, recém formada, desenvolve no imediato a modalidade de Kickboxing. Certamente com um futuro de sucessos.

Futsal Fem: Seleção distrital: 6 atletas do GNA convocadas para mais um treino


Texto: João Carlos Lopes 

Um sexteto de respeito

Seis atletas do Grupo Nun'Álvares foram convocadas para o treino de preparação da Seleção Distrital de Futsal Feminino Sub-19 da AF Braga que se realiza no dia 28 de Dezembro pelas 19:30 horas no Pavilhão do Externato Carvalho Araújo, em Real, Braga.

As atletas convocadas são, Joana Melo, Telma, Leninha Catinha, Marta e Cardosa.

Esta será, se se mantiver no futuro, a futura equipa base da equipa de seniores do GNA.

Jantar de Natal dos Veteranos da UD Fafe A60 (Saudável boa disposição)


Texto e fotos: João Carlos Lopes 

A mesma alegria de sempre 

Os veteranos da UD Fafe A60 realizaram o seu jantar de Natal no dia 15 de Dezembro, numa unidade hoteleira do Concelho, que coincidiu com o encerramento das actividades do ano de 2016 e a habitual rectrospectiva e entrega e prémios aos associados, que por este ou aquele motivo mais se destacaram no ano que agora termina.

O jantar decorreu com a presença de toda a família dos veteranos da UDF, muitas vezes sacrificada com a sua ausência devido ao extenso calendário de jogos. A boa disposição está sempre presente, com muitas peripécias à mistura onde nem a espanhola “Lolita” quis faltar, aparecendo toda vistosa, pois tinha ido ao cabeleireiro momentos antes. Na entrega de prémios, feita sem qualquer inocência e com toda a intencionalidade, há sempre gargalhadas que proporcionam recordações de alguns dos momentos altos do ano.

O ano 2015 foi, como são habitualmente todos os anos da UD Fafe, de agenda muito preenchida, com a realização de mais de 30 jogos, um pouco por todo o pais e estrangeiro, com saídas em Maio à Holanda, numa viagem que permitiu visitas à Alemanha e Bélgica. Ainda no mesmo mês os fafenses deslocaram-se a Espanha, sempre para participação em torneios com outras equipas de veteranos, nestes casos de Holanda de Espanha.

Um dos pontos altos da actividade dos veteranos em 2015 foi a quarta edição do torneio Cidade de Fafe, realizado no Campo de Jogos do OFC Antime, que foi abrilhantado com a presença do Sporting Clube de Portugal, que viria a ser o vencedor.

Para o presidente Rogério Ferreira, “o balanço de 2015 é, como sempre, positivo, conseguindo uma vez mais atingir e superar os objectivos propostos, pondo em prática o nosso lema '' O DESPORTO NÃO DÁ ANOS DE VIDA MAS PODE DAR VIDA AOS ANOS '', este sim o verdadeiro espírito que nos move.”

O presidente fala já de 2016, “ano em que comemoramos o nosso 10.º aniversário, esperamos continuar a levar o nome de Fafe bem longe, estando programada, entre outras actividades, a realização do quinto torneio Cidade de Fafe, a realizar em dois dias, com a presença de oito equipas, nacionais e internacionais, e uma deslocação, em Junho, ao Luxemburgo, para participação num torneio junto dos nossos conterrâneos ali radicados.

Menções Honrosas: 2015

Perdidos a Achados: EUGENIO (BRAÇADEIRA DE CAPITÃO)

Lista de todos os premiados: 2015

Recordação do Ano: LOPES ARAUJO (CONCERTINA)

Penico do Ano: PEREIRA (PENICO)

Revelação: VITINHA / PAULINHO / COELHO (ROLO)

Dirigente do Ano: ANSELMO (PROTESES)

Dedicação do Ano: GENTIL (LIVRO TACTICAS)

Carreira: CONDEÇO (AUTOCARRO)

Sócio do ano: FELICIANO (GARRAFA)

Futebolista do Ano: BRAGA (BOTA D’OURO) 

Atleta do Ano: ARLINDO (BOLA D’OURO

Atletismo: 1.ª Corrida S. Silvestre de Fafe marcada para 9 de Janeiro 2016

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

João Resende marcou o golo da vitória no Torneio Inter-seleções distritais

Texto: João Carlos Lopes / Fotos: DR 

Resende decidiu na final 

O jovem jogador fafense, João Resende, esteve em destaque em representação da Selecção Distrital de Braga de Sub 13, ao marcar o golo da vitória na final da competição contra a selecção da Associação de Futebol do Porto que os bracarenses venceram por 1-0. 

No primeiro jogo, a Selecção da AF Braga venceu a congénere de Aveiro por 2-1, apurando-se para a final com a AF do Porto que por sua vez tinha vencido a AF de Viana do Castelo. 

O talentoso jogador fafense, tem ainda idade de Infantil e representa o Vitória SC, depois de ter estado ao serviço da AD Fafe onde iniciou a formação e da Casa do Benfica da Póvoa de Lanhoso, pela qual se sagrou campeão distrital e de ser chamado, pelo clube encarnado, para vários torneios internacionais onde se destacou com golos e grandes exibições. 

João Resende é uma das grandes promessas do futebol fafense e ao mesmo tempo um excelente aluno na escola. 

4.ª Eliminatória Taça Portugal Futsal Fem.: Rio Moinhos - Nun'Álvares

Redacção

Alvarinhas com deslocação longa a Évora 

O sorteio da IV eliminatória das Taças de Portugal de Futsal Feminino ficou definido esta quarta-feira, 23 de dezembro, no auditório Manuel Quaresma da sede da Federação Portuguesa de Futebol.

Recorda-se que nesta eliminatória da Taça de Portugal de futsal participam pela primeira vez as equipas do Campeonato Nacional Feminino. Os jogos da quarta eliminatória estão agendados para o dia 16 de janeiro.

O sorteio teve como única condicionante a colocação da equipa de escalão inferior, em caso de diferença, como clube visitado.

Sorteio da IV Eliminatória da Taça de Portugal de Futsal Feminino

Vencedor do Jogo Lusitânia FC Lourosa/ CDCC Posto Santo - UA Povoense
Novasemente GDC -GD Chaves
CF Santa Iria - EDC Gondomar
Lusitano Vildemoinhos - SC Canidelo
GD Castanheira - Santa Luzia FC
Sporting CP - ARR Avintenses
GD Valverde - AC Alfenense
Póvoa Futsal - GCD Del Negro
Barranha SC - SC Maria da Fonte
N. Sportinguista Pombal - CR Golpinheira
GDC Rio Moinhos - GCR Nun´Alvares
CRC Quinta dos Lombos- SL Benfica
CR Leões de Porto Salvo - ACRD Louriçal
CD Santa Clara - CD Ourenta
AA Universidade de Évora - UD Cariense
CAD Entroncamento- FC Vermoim

O Fafe a Correr de hoje é alusivo ao Natal. Não faltes!


Texto: João Carlos Lopes


Traz um acessório natalício e participa! 

O Fafe a Correr desta quarta feira é alusivo ao Natal e por isso todos os participantes devem comparecer com algo alusivo à época que atravessamos podendo ser um simples gorro para que a mensagem de paz e alegria possa ser transmitida em casa sítio por onde a comitiva passa. 

É saudável e animador constatar que desde Junho esta iniciativa não parou de forma alguma, nem para férias, nem por causa da chuva, nem do frio. 

O grande responsável pelo Fafe a Correr é o entusiasmo que cada participante deposita nele e a grande força de vontade de comparecer todas as quartas feiras.

Cidália Novais (Rinus Fafe) foi 3.ª no IV Amarante Christmas Trail

Cidália Novais no momento de cortar a meta
Texto: André Soares / Foto: DR 

Sandrina Carneiro fez 4.º lugar

No último domingo, de 20 de Dezembro, realizou-se, em Amarante, o IV Amarante Christmas Trail. Grandes nomes do trail nacional marcaram presença e foram mais de 800 corredores de todo o terreno (TRAIL) que percorreram uma das duas distâncias disponíveis pela organização, 28km no Trail longo e 16km para o Trail curto.

Os cinco atletas da equipa Rinus Fafe participaram no trail curto, uma participação que fica marcada pela estreia de Vítor Alves e Alexandra Novais nos trails, mas também ficou rubricada por mais uma excelente corrida das atletas Cidália Novais e Sandrina Carneiro, ambas fizeram uma corrida de trás para frente, que culminou com um final próximo do requinte, cruzando a meta no 3.º e 4.º lugar respetivamente da geral feminina.

A formação fafense sem índole de competição pura, tem como lema de “trazer, mostrar e levar Fafe”, mas com a qualidade destas atletas, a pegada desta equipa no trail nacional começa a ficar bem frisada.

terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Futebol Popular: Classificação dos Sub 17


Futebol Popular: Classificação dos seniores


Futebol Popular: Resultados Seniores e Sub 17


Futsal Feminino: C. Saúde Fafe, 1 - GD Figueiredo, 1 (Foram condicionadas)

Texto: João Carlos Lopes 

"CSF quer isenção das equipas de arbitragem"

O Clube de Saúde de Fafe recebeu o GD Figueiredo em jogo a contar para a 13.ª jornada do campeonato Distrital, tendo empatado a uma bola, numa exibição bastante apagada 

A equipa fafense queixa de que "a dupla de arbitragem na segunda parte foi completamente tendenciosa".

Os responsáveis pelo CSF recordam que "o clube começa aparecer na competição. Dentro e fora das quatro linhas está a ser feito um trabalho muito forte de formação/aprendizagem, bastante rigor ao nível desportivo. Sempre com sentido de profissionalismo, que exige muito semana após semana a todo o staff." Nesse sentido pedem "simplesmente isenção das equipas de arbitragem". Reconhece ainda que "o CSF pode ter momentos menos bons dentro das quatro linhas, como qualquer equipa".

Nesta partida realizada no pavilhão do Arco de Baúlhe, o CSF vencia ao intervalo por 1-0, com o golo a ser apontado por Marina, de livre, aos 17'

O GD Figueiredo, empatou aos 10' da segunda parte. As fafenses foram fustigadas com cartões amarelos e das oito atletas disponíveis para o jogo, seis terão sido admoestadas com esta cartolina o que,naturalmente, condicionou a sua exibição pois outra cartolina igual e seriam expulsas.

Juniores - 2.ª Div. Nac.: AD Fafe, 2 - Merelinense FC, 0 (Foram enormes)

Texto e fotos: João Carlos Lopes 


Este Fafe é uma máquina de "Korta" e cose 

Os Juniores da AD Fafe venceram a valorosa e aguerrida equipa do Merelinense por 2-0, num jogo muito equilibrado na primeira parte mas quase totalmente dominado na segunda pelos fafenses com Korta a saltar do banco para resolver o desafio com dois golos. 

Os primeiros 20 minutos foram equilibrados mas sem grandes ocasiões de golo, até que aos 24’, numa bola metida nas costas da defensiva de Merlim, Kevin apareceu na cara de Hugo com este a fazer uma grande defesa. 

Resposta imediata dos bracarenses, com Hircan a aparecer na área para proporcionar uma defesa com o pé para canto a Gonçalo.

O jogo estava animado e as equipas tentavam chegar ao golo comos aos 27’, em que após insistência de Muna Joãozinho atirou ao lado. Do outro lado, na sequência de um livre, Tiago proporcionou mais uma grande defesa a Gonçalo. 

O Fafe teve duas situações seguidas para marcar, ambas por Kevin. Na primeira, aos 38’, desceu rápido pela esquerda mas desequilibrou-se na hora do remate e na segunda rematou de cabeça ao lado depois de Muna ter feito meio golo no passe. 

Os fafenses entraram muito fortes na segunda parte sem deixar a equipa bracarense respirar. Tentaram alvejar a baliza aos 46’, 47’, 52’, 55’, 58’, 59’, 62’ e 63’. Por Lousada mais que uma vez, Rui e Ricardo. 

O Merelinense só conseguiu respirar aos 66’, quando conseguiu conquistar um canto. 

Aos 73’, Ivo Castro tirou o desgastado Kevin e fez entrar Korta e um minuto depois este jogador inaugurou o marcador. Cruzamento de Muna depois de jogada de insistência do Fafe na direita com Korta a aparecer ao segundo poste a marcar de peito. 

Praticamente que não houve reacção ao golo por parte do Merelinense e foi o Fafe a estar novamente perto de marcar aos 80, quando Muna – fez um grande jogo – cruzou para Lousada, ao segundo poste dar de raspão na bola. 

O segundo golo apareceu aos 83’ e nasceu de um livre apontado por João para um desvio providencial de cabeça de Korta a bater o guarda-redes pela segunda vez. 

Até ao final do tempo regulamentar e mais os quatro minutos de compensação os fafenses foram solidários e cerraram fileiras garantindo de forma justa e merecida os três pontos.


Se na primeira parte ainda foi permitido ao Merelinense sonhar com o golo, na segunda, o Fafe foi uma equipa de primeira, muito forte a defender, rápido e mordaz nas transições, unida, solidária e combativa quanto baste. Excelente o que está a ser feito com esta equipa que está a jogar um futebol objectivo, vistoso, assente em princípios basilares sólidos com rigor táctico e disponibilidade física.

Jogo no campo n.º 2 do Parque Municipal de Desportos, em Fafe. 

Árbitro, Bruno Nunes, auxiliado por Carlos Rodrigues e João Dias (AF Viana Castelo). 

AD FAFE: Gonçalo; Costa, Ricardo, Nuno, Muna (Olavo, 87’), Lousada, Joãozinho, Tiago, Norberto, Kevin (Korta, 73’) e Rui (Sousa, 75’). Treinador, Ivo Castro. 

MERELINENSE SC: Hugo; Reinaldo, Rui Dias, Tiago, Rafa (Bruno, 85’), André (Esteves, 77’), Hircan, Alberto (Graça, 61’), João Luís, Bruno Silva e Joãozinho. Treinador, Fábio Quintas. 

DISCIPLINA – amarelos: Rui Dias, 17’; Norberto, 29’; Lousada, 50’ e Ricardo, 81’. 

GOLOS: Korta, 73’ e 83’.

Juvenis - 2.ª Div. AF Braga: GD Golães, 4 - CD Ponte, 2 (8 vitórias seguidas)

Texto: João Carlos Lopes 

Uma maratona de vitórias

Em jogo entre o primeiro e o segundo classificado o Golães levou a melhor sobre o CD Ponte ao vencer por 4-2 e reforçar a liderança. 

O Golães entrou determinado no jogo e ao segundo minuto Nuno já estava a rematar de fora da área mas por cima da barra. A equipa golanense não tardou a chegar á vantagem o que fez aos 10' através de Mira que apareceu isolado dentro de área e fez o 1-0. 

A equipa fafense parece ter adormecido e o Ponte apareceu mais activo no jogo e aos 20' numa bola metida nas costas da defesa um jogador visitante em frente ao guarda redes Bruno fez o empate. Volvidos 8', num lance idêntico, a equipa visitante chegou ao 1-2. 

O Golães começou a ver o primeiro lugar fugir e acordou para o jogo. Aos 32', Nuno dentro de área cabeceou ao lado e aos 37', João Cunha não conseguiu encostar para o golo após cruzamento de Rui.

O intervalo chegou com os fafenses em desvantagem. Os treinadores João e Flávio tiveram uma conversa com o jogadores no período de descanso e tenataram mudar alguma coisa mas o mais importante foi chamar a atenção da equipa para jogar com espírito de grupo e entreajuda.

Fruto dessa conversa, o Golães entrou forte na segunda parte e logo no minuto 44' chegou ao empate a dois. Num canto marcado por João Cunha a defesa aliviou para fora da área e bruno chutou para o 2-2. 

A equipa orientada por João e Flávio chegou á vantagem aos 50'. Após lançamento lateral de Mira, Nuno dominou dentro de área e fez o 3-2. Com o embalamento da boa entrada, Rui, ao 60', apareceu isolado e fez golo mas o árbitro apitou fora de jogo. Mas aos 71', Rui apareceu outra vez isolado e fez o 4-2. Até ao final o Ponte pressionou mas sem criar perigo 

Entraram nesta partida Leitão para o lugar de Tiago aos 68', Tomás para o lugar de João Cunha aos 73' e Cláudio para a vez de Eusébio aos 78' 

Na próxima jornada o Golães desloca-se ao vizinho Antime para o dérbi fafense e vai com oito vitória consecutivas na bagagem. 

A Direcção do GD Golães deseja umas boas festas aos atletas, apoiantes e sócios.

Juniores - 2.ª Div. Nac.: AD Fafe - Merelinense FC | Hoje pelas 15H00 | Não faltes!

Texto: João Carlos Lopes 

COMPARECE E AJUDA OS JUNIORES 
DA AD FAFE A MANTER O 2.º LUGAR

Os Juniores da AD Fafe que estão a fazer uma excelente temporada sob o comando de Ivo Castro recebem hoje, pelas 15 horas, no Campo n.º 2 do Parque Municipal de Desportos, o Merelinense FC em jogo a contar para a 15.ª jornada da primeira fase do Campeonato Nacional da 2.ª Divisão. 

Os fafenses estão em segundo lugar, em posição de Play Off de subida, e precisam do teu apoio para continuarem a ocupar essa posição, por isso não faltes a este jogo até porque a entrada é livre e a tua presença é muito importante para eles.  

segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Futsal Sénior AF Braga: Nun' Álvares, 7 - Santo Tirso, 3

Texto e foto: Ricardo Castro

Vitória e aproximação ao líder 

O Nun'Álvares recebeu e venceu o Santo Tirso Futsal por 7-3 e reduziu para três pontos a desvantagem para o líder Nogueiró e Tenões, que perdeu os primeiros pontos do campeonato com a derrota caseira antes a A.F.Fafe/Sol Poente.

Na primeira parte, Laureta colocou os condestáveis a vencer por 2-0, os tirsenses conseguiram responder até ao 2-2, mas Diogo Rafael e Portas levaram os fafenses a vencer por 4-2 para o intervalo.

Na segunda parte, os visitantes apostaram de início no cinco para quatro e o Nun'Álvares aproveitou para chegar ao 5-2, com o guardião Rafa a marcar de baliza a baliza. Portas aumentou a vantagem para 7-2, chegando ao hat trick na conta pessoal. A três minutos do fim, o Santo Tirso reduziu para 7-3.

O Nun'Álvares soma 30 pontos e mantém o segundo lugar isolado no final de 2015.

Futebol Sub 17: ACD Pica, 1 - GCRD Os Amigos de Quinchães, 0 (Dérbi equilibrado)

Texto: João Carlos Lopes 

Duarte decidiu 

A ACD Pica venceu o GCRD Os Amigos de Quinchães, por uma bola a zero em jogo a contar para o Campeonato de Sub 17 organizado pela Associação de Futebol Popular de Fafe. 

A Pica podia ter chegado ao golo aos 12' mas o remate de Carlos saiu à barra. Aos 25', Duarte, de livre, obrigou o guarda redes do Quinchães a uma boa interevenção.

Com ligeira superioridade da Pica as equipas chegaram ao intervalo como tinham iniciado o jogo, o marcador em branco.

Na segunda parte, a Pica inaugurou o marcador, aos 20' por intermédio de Duarte, na conversão de uma grande penalidade.

Aos 25' o Quinchaes esteve perto de igualara mas Cristiano evitou o golo com uma excelente defesa, mantendo-se o 1-0 até final. 

ACD PICA: Cristiano; Duarte, José Barros, Pedro Pereira, João Soares, Carlos, Fábio Pinto. Jogaram ainda , Jorge Soares, João Daniel , Barbosa , Cláudio, Sérgio, Tiago Pinto e João Miguel. Treinador, David Pereira.

Futsal Sénior AF Braga: Nogueiró e Tenões, 2 - A.F. Fafe/Sol Poente, 4


Texto e foto (arquivo): Ricardo Castro

Fafenses impõem primeira derrota ao líder

A Associação Futsal de Fafe/Sol Poente foi ao reduto do líder Nogueiró e Tenões vencer por quatro bolas a duas, acabando com a série de onze vitórias seguidas dos bracarenses, que ainda não tinham perdido pontos no campeonato.

Num jogo de futsal de grande qualidade, Carlos deu vantagem à AFFSP aos 10', o Nogueiró e Tenões respondeu com o empate poucos minutos depois. Mas, antes do intervalo, Meireles fez o 1-2.

Na segunda parte, David fez o 1-3 e após não terem aproveitado a superioridade com a expulsão de Bruno Sousa, os da casa chegaram ao 2-3 em cinco para quatro.

A fechar, Gijo, em nova tentativa de cinco para quatro dos bracarenses, fixou o resultado final.

domingo, 20 de dezembro de 2015

Futsal Fem. - 1.ª Div. Nac.:Lusitano Vildemoinhos, 1 - Nun'Álvares, 2

Texto: João Carlos Lopes / Foto: Ricardo Jorge Castro

Condestáveis vencem em Terras de Viriato 

As seniores do Grupo Nun'Álvares deslocaram-se a Viseu para defrontar o Lusitano de Vildemoinhos e somaram a terceira vitória no Campeonato ao vencerem por 2-1, subindo ao 5.º lugar da tabela, o primeiro do grupo das equipas menos fortes, terminando o ano civil a vencer. 

A equipa de João Nuno Sousa colocou-se em vantagem no marcador através de  Raquel Pisco aos 17 minutos de jogo. Depois, o GNA criou algumas oportunidades para ampliar a vantagem, mas acabou por faltar sempre precisão no último passe

Já na segunda parte, Ana Loira elevou a contagem para 2-0 aos 6 minutos. A equipa viseense reduziu aos 12 minutos e ainda tentou chegar à igualdade mas a equipa fafense foi uma equipa muito guerreira em Terras de Viriato mesmo quando o Vildemoinhos jogou no sistema 5x4 a cinco minutos do final da partida. 

As fafenses mereceram estes três pontos e agora faltam dois jogos para acabar a primeira fase do campeonato, a recepção ao GD Chaves, a 3 de janeiro e a deslocação ao recinto do Novasemente uma semana depois.    

Andebol - 1.ª Div. Nac.: Passos Manuel, 30 - AC Fafe, 29 (Mais difícil)

Redacção

Manutenção está difícil mas não impossível

Este jogo tornava-se muito importante para as duas equipas, pois os lugares que ocupavam na tabela classificativa obrigava a tentar obterem o máximo de pontos possíveis neste confronto, acrescido do facto de o resultado dos jogos entre ambos podem no final desta fase regular ter algum significado para a fase que se vai seguir, o Play Out.

O jogo começo com um domínio total por parte dos lisboetas, pese o facto da equipa fafense ter sido a primeira equipa a marcar nesta partida, por intermédio de Cláudio Mota.

O Passos Manuel faz o 5-2 aos 9m37s, altura que o técnico fafense solicita o seu primeiro Time Out, o AC Fafe não conseguia até este momento impor-se ao adversário.

Desta paragem nada resultou em proveito da equipa do Prof. José António Silva, que aos 14m07s já solicitava novo Time Out, pois o resultado estava em 8-2, favorável ao Passos Manuel.

Da paragem resultou numa boa recuperação do AC Fafe que consegue reduzir a desvantagem até aos dois golos de diferença, 10-8, com o técnico João Comédias do Passos Manuel a solicitar um Time Out, o cronómetro assinalava 22m01s.

Com a entrada dos 5 minutos finais deste 1º tempo, com o resultado em 13-11, a equipa do AC Fafe ainda consegue manter essa desvantagem aos 15-13, faltavam 2 minutos para o fim, no entanto, com dois golos seguidos a equipa lisboeta leva para o intervalo 4 golos de vantagem, 17-13.

A 2.ª parte trouxe de início um AC Fafe à procura de um resultado diferente do que tinha acontecido nos 30 minutos iniciais, assim, aos 36 minutos de jogo o marcador tinha reduzido para 18-16.

No entanto, a equipa do AC Fafe tem um novo “eclipse” e o marcador volta a números difíceis de recuperação, 23-17, o cronómetro assinalava 44 minutos.

Nova recuperação fafense que aos 50m35s, coloca o resultado em 25-22, nesta altura o técnico do Passos Manuel solicita um Time Out, pois a sua equipa estava em perda visível.

Aos 53m31s, com as equipas a marcarem mais um golo cada uma, desde a paragem anterior, 26-23, o técnico do AC Fafe, solicita novo Time Out, jogava-se tudo na procura de um resultado diverso do que estava a acontecer.

O AC Fafe parecia no bom caminho e aos 56 minutos o marcador assinalava 28-26, a favor do Passos Manuel, para aos 59 minutos essa mesma diferença persistir 30-28.

Até final, o máximo que o AC Fafe conseguiu foi a redução à diferença mínima 30-29, com os dois últimos golos a serem apontados por Cláudio Mota.

Com esta derrota a equipa fafense continua numa posição difícil da tabela classificativa, perdendo a hipótese de ter conseguido amealhar mais uns pontos para a sua luta de permanência no nacional da 1ª divisão.

Julgamos que há que ter paciência e dar oportunidade a esta equipa em amealhar os pontos que possam tornar viável na fase que se vai seguir a esta, a da permanência, em que são transportados 50% dos conseguidos agora, pelas últimas 4 equipas, jogando então TXT a duas voltas, para determinar os dois emblemas que descem de divisão.

Natação: Diana Durães ajudou o FC Porto a ser Octacampeão Nacional


Texto: FC Porto 

Um feito inédito na modalidade

O FC Porto conquistou, este domingo, pela oitava vez consecutiva, o título de campeão nacional feminino de natação, nos Campeonatos Nacionais de Clubes, que decorreram este fim-de-semana, no Complexo de Piscinas Olímpicas de Coimbra. É um feito inédito na modalidade, que supera o recorde de sete triunfos estabelecido pelas portistas na última temporada. Trata-se do 15.º título do palmarés do clube.

Liderada pelo técnico José Silva, que tem como adjuntos Paulo Nascimento, Daniel Santos e André Cereja, a equipa feminina dos azuis e brancos que triunfou em Coimbra foi composta por Sara Oliveira, Marta Abreu, Diana Durães, Paula Oliveira, Adriana Castro, Rosa Oliveira, Maria Amorim, Maria Teresa Amorim, Maria Francisca Cabral e Ana Faria. Depois de terem dominado a primeira jornada, as nadadoras portistas terminaram a competição com 141 pontos (dez vitórias, quatro segundos lugares e dois terceiros), mais 13 do que o Algés, segundo, e mais 35 do que o Sporting, terceiro.

A formação masculina (na foto, podem ver-se os nadadores de ambas as equipas) terminou no terceiro lugar, com 99 pontos, a 35 do Sporting, primeiro.

Futsal Fem. - Taça Portugal: Barranha SC, 5 - C. Saúde Fafe, 1 (3 minutos fatais)


Texto: João Carlos Lopes

Apesar da derrota valeu o empenho 

O Clube de Saúde de Fafe está de fora da Taça de Portugal após ser derrotado na Senhora da Hora, em Matosinhos, por 5-1 pelo Barranha Sport Clube. 

A equipa orientada por João Tristão e Tiago Carneiro até entrou bem no jogo o que lhe valeu a vantagem, contudo ao 10', o Barranha obteve o empate. 

O jogo prosseguiu equilibrado até que as fafenses sofreram três golos de rajada aos 17', 18' e 19' depois de terem baixado a intensidade que tinham imprimido até então. 

O facto do Clube de Saúde de Fafe sofrer estes três deve-se, em parte, ao factor de terem ficado a jogar em inferioridade numérica e ainda com uma atleta lesionada. 

As fafenses ainda conseguiram rectificar a exibição na segunda mas já era tarde para recuperar na casa da equipa adversária que ainda conseguiu marcar mais um golo. 

CPP: AD Fafe, 0 - FC Felgueiras 1932, 0

Texto e fotos: Ricardo Jorge Castro

Acabou como começou


O Fafe empatou com o Felgueiras, num jogo que acabou como começou. O nulo entre as duas equipas mantém o Fafe com sete pontos de vantagem sobre os felgueirenses a quatro jornada do fim, mas que permitiu ao Vizela igualar os agora 30 pontos dos fafenses e passar para primeiro devido ao confronto direto, sendo certo que os vizelenses ainda aguardam a decisão de perderem três pontos.

Num jogo equilibrado, as duas equipas acabaram por se igualar na defesa e no ataque. O Fafe apostou tudo nos minutos finais para tentar chegar à vitória, mas esbarrou sempre no setor mais recuado do Felgueiras, equipa que continua sem derrotas fora de casa. Foi o primeiro empate do Fafe no Parque Municipal dos Desportos.
_

1.ª PARTE

- Início do jogo em Fafe!


Primeira tentativa do Felgueiras em chegar à área aos 46 segundos. Marçal agarra o cruzamento de Pedro Mendes.

3' - Paragem no jogo para assistência a João Nogueira, que ficou com queixas na cabeça após lance disputado no ar. Fafe momentaneamente com dez.

4' - Regressa João Nogueira. Ao mesmo tempo, Agostinho Bento colocou o médio Fred em exercícios de aquecimento.

9' - Primeiro grande lance de perigo favorável ao Fafe. Primeiro remate de João Nogueira ao poste, na recarga, Cajó defendeu o remate de Marquinhos. Vasco Cruz, num último 'assalto', viu também Cajó evitar o primeiro.

Fafe com ligeiro ascendente na partida, mais posse de bola e já com uma oportunidade clara. O Felgueiras, em três cruzamentos para a área, ainda não criou qualquer perigo.

14' - Canto para o Fafe. Bate Silvestre, afasta a defesa do Felgueiras.

17' - Após um canto mal estudado do Felgueiras, Marquinhos tentou sair em contra-ataque mas o Felgueiras recuperou e ganha novo canto. 

18' - Pinto cabeceia ao lado após o canto.

20' - Remate frontal de Silvestre a passar muito por cima.

21' - Falta de André sobre Pedro Mendes. Livre em boa posição para o Felgueiras.

23' - Livre de Gil Barros contra a barreira.

28' - Livre de Silvestre para a área, Jorge Gonçalves cede canto. Novamente Silvestre a bater para a área e João Nogueira a rematar de primeira por cima.

30' - Remate de Vasco Cruz em posição frontal a sair por cima.


32' - Melhor ocasião do Felgueiras, com Tiago Carreira a surgir solto à entrada da área, mas o remate saiu ao lado da baliza de Marçal.

33' - João Nogueira a colocar em boa posição em Marquinhos e Gil Dias a cortar para canto.

Fafe a assumir com evidência o jogo, com o Felgueiras algo na expetativa em busca de surpreender em desequilíbrio no ataque.

38' - Felgueiras a pedir grande penalidade por falta sobre Pedro Mendes. O árbitro, de frente para o lance, mandou seguir a partida.

41' - Felgueiras a levar perigo à área fafense em três cantos, mas o setor mais recuado da equipa da casa resolveu.

42' - Primeiro cartão da partida. Amarelo a Gil Barros por falta a João Nogueira, que seguia em contra-ataque.

44' - Remate de primeira de Telmo Castanheira a apanhar a bola no ar. Segura Marçal.

INTERVALO em Fafe.

2.ª PARTE

49' - Canto para o Fafe. Primeiro da segunda parte.

52' - Cruzamento-remate de Marquinhos a obrigar Cajó a defesa apertada para canto.

53' - Canto batido por Silvestre e Marquinhos a cabecear ao poste, com Cajó ainda a tocar para evitar o primeiro.

55' - Canto para o Felgueiras, corta Vasco Cruz.

56' - Livre de Gil Barros para a área do Fafe a dar canto. Pedro Mendes bateu, Marçal socou, o Fafe saiu em contra-ataque mas não conseguiu aproveitar a superioridade numérica nesse lance.

58' - Marquinhos em boa posição na área a rematar à figura de Cajó.

60' - João Nogueira picou para a área, mas Ferrinho não conseguiu chegar para o desvio final.

62' - Primeira substituição do jogo, para o Fafe. Sai Marquinhos, entra Zé Diogo.

65' - Remate cruzado de Tiago Carreira na área. Para as mãos de Marçal.

68' - Substituição no Felgueiras. Sai Pedro Mendes, entra Rafinha.

70' - Canto de Rafinha, Jorge Gonçalves a cabecear e Williams a salvar em cima da linha de baliza.

72' - Remate de Cristiano na área intercetado para canto. Na sequência deste, Jorge Gonçalves cabeceia ao lado.

Fase de alguma expetativa para o último quarto de hora, com ambas as equipas à procura do golo inaugural.

73' - Remate de Vasco Cruz a sair pouco por cima.

77' - Canto para o Fafe e na sequência deste, Zé Diogo a rematar enrolado. A bola saiu pela linha de fundo.

78' - Remate de meia distância de Tiago Carreira, com Marçal, atento, a defender. 


80' - Remate de Landinho a cerca de 30 metros da baliza, muito desenquadrado e para fora.

80' - Alteração no Fafe. Sai João Nogueira, entra Zé Brochado.

82' - Alteração no Felgueiras. Sai Tiago Carreira, entra Fábio.

83' - Livre para o Fafe. Vai bater Landinho do lado esquerdo do ataque.

84' - Do livre resultaram dois cantos, o último dos quais culminou com o remate de Zé Brochado por cima da baliza.

85' - Jogada perigosa do Fafe e Zé Brochado, após tirar um adversário do caminho, a rematar para defesa difícil de Cajó para canto.

86' - Remate de Zé Diogo na área, muito por cima.

Fafe a apostar tudo no ataque para chegar ao golo.

87' - Landinho a combinar com Allan Júnior e a rematar em zona frontal por cima.

Três minutos de compensação.

90+1' - Lance entre Pedrosa e Ferrinho a suscitar alguma confusão, sanada pelo árbitro da partida.

90+2'- Livre para o Fae. Silvestre vai colocar na área.


FIM DO JOGO. Fafe e Felgueiras empatam a zero.

Jogo realizado no Parque Municipal dos Desportos, em Fafe.

Árbitro: José Laranjeiro, auxiliado por Duarte Santos e Paulo Santos (AF Coimbra).

AD FAFE: Marçal, Vasco Cruz, Xavi (cap.), André, Williams, Landinho, João Nogueira (Zé Brochado, 80'), Silvestre, Marquinhos (Zé Diogo, 62'), Ferrinho, Allan Júnior. Treinador: Agostinho Bento.


FC FELGUEIRAS 1932: Cajó, Pedrosa, Gil Dias, Gil Barros, Inácio, Pedro Mendes (Rafinha, 68'), Cristiano, Telmo Castanheira, Pinto (cap.), Jorge Gonçalves, Tiago Carreira (Fábio, 82'). Treinador: Nuno Pinto.

Disciplina - cartões amarelos: Gil Barros, 42', Inácio, 83', Landinho, 90+2'. Cartões vermelhos: nada a registar.

Marcador: nada a registar.